segunda-feira, 7 de outubro de 2013

domingo, 6 de outubro de 2013

Festa em São Pedro de Alcantara Oktobertans.


Visita à terra natal de meu avô tropeiro João Gaspar Raimundo nos dias 28 e 29 se setembro de 2013. Fim de semana da festa Oktobertans. Bela festa. Bela cidade. Bela gente.
Estou feliz, realizada.

domingo, 17 de fevereiro de 2013

Navio Electric.


O Navio
O navio americano U.S. Electric foi um veleiro mercante de médio porte e grande velocidade da classe Medium Clipper. Foi construído em Stonington no estado americano de Connecticut nos estaleiros da empresa Irons & Grinnell e lançado ao mar em 05 de setembro de 1853 e registrado em Nova York em 10 de novembro de 1853.
Possuía 185 pés e uma polegada (56,4 metros) de comprimento por 38 pés e sete polegadas (13,3 metros) de largura e tinha 21 pés e cinco polegadas (7,75 metros) de altura (distância entre a parte interna do casco e a altura do convés). Tinha capacidade de 1.046 toneladas de carga, mas existem divergências quanto a isso, pois no certificado de registro de Nova York constam 1.273 toneladas enquanto que no Allgemeine Auswanderung Zeitung
aparecem 1.377 toneladas.
O Eletric foi incorporado à firma de G. Adam, e mais tarde foi adquirido pela família Gerry de Nova York. Serviu durante os primeiros anos no comércio transatlântico entre os portos de Nova York, Havre e Antuérpia. Neste período, o Electric foi adquirido pela Brower, de Nova York, que o vendeu em 30 de julho de 1856 por $62.250 para o armador hamburguês Robert Miles Sloman, que continuou a empregá-lo, principalmente, no comércio do Atlântico Norte.
Viagens Logo no ano seguinte ao seu lançamento empreendeu uma viagem ao redor do planeta, partindo de Nova York em 15 de novembro de 1854 e atravessando o Cabo Horn em direção a São Francisco, na Califórnia, aonde atracou em 04 de março de 1855 após 109 dias de viagem, um tempo relativamente rápido para os padrões da época. De San Francisco partiu em 24 de março de 1855 para Hong Kong, atravessando o Pacífico em 48 dias, de Hong Kong seguiu para Xangai e de onde partiu para Nova York em uma viagem que durou 106 dias.
O navio Electric partiu de Hamburgo em 18 de abril de 1862 com destino a Nova York, abordos estavam 336 imigrantes mórmons provenientes da Dinamarca, Suécia e Noruega que tinham como destino final Salt Lake em Utah no Estado Unidos. Dentre os relatos destes imigrantes temos o seguinte registro.
"... Durante vários meses, a preparação para a grande emigração vinha acontecendo em conferências em diferentes localidades na Dinamarca, Suécia e Noruega. Os membros que emigraram da região de Jutland, na Dinamarca, seguiram direto para Hamburgo, enquanto que a maioria dos imigrantes de outras regiões foram primeiramente reunidos em Copenhague e dali seguiram para Hamburgo em diferentes navios...
... Um destes navios, o "Albion", partiu de Copenhagen em 14 de abril de 1862 com cerca de 500 emigrantes mórmons a bordo, e após uma viagem bem sucedida o navio aportou no porto de Kiel em 15 de abril. Depois de passar cerca de duas horas transferindo a bagagem dos emigrantes do navio para os
vagões de trem, a empresa responsável pelo transporte dos emigrantes partiu de Kiel em um trem fretado para Altona. O Presidente da Missão Mórmon na Escandinávia, o Pastor John Van Cott, assistido por outros membros, começou imediatamente a ler a lista dos emigrantes e trazê-los a bordo dos navios
"Electric" e "Athenia” que, como o “Humboldt" e o "Franklin", estavam ancorados no rio Elba fora de Hamburgo. . . .
... Na sexta-feira, 18 de abril o navio "Electric" do Capitão H. J. Johansen partiu de Hamburgo com 336 emigrantes mórmons liderados pelo Pastor Elder Soren Christofferson com destino a Utah. Os emigrantes eram da região de Lolland, de algumas outras regiões da Dinamarca e da região de Norrköping, na Suécia. O plano inicial era que os emigrantes de Norrköping deveriam partir no 'Athenia', mas este plano foi alterado pois alguns deles resolveram seguir no "Electric".
O “Electric” navegou pelo rio Elba até Glückstadt, chegando lá ao meio-dia, lançou âncora permanecendo ao lado do “Athenia”. Nesse momento havia 335 emigrantes a bordo do "Electric" e 486 no “Athenia”. O "Electric" levantou âncora em 22 de abril e navegou até um ponto na costa de Hanover, onde laçou novamente a âncora e aguardou o vento melhorar. Com um bom vento o “Electric” partiu para a América em 25 de abril, navegando em direção ao Mar do Norte. Antes da partida, o presidente John Van Cott veio a bordo e ajudou na organização dos emigrantes, que foram divididos em nove grupos, em cada um dos quais havia entre 25-40 pessoas...
... Uma série de reuniões foram realizadas a bordo durante a viagem e notou-se a união e harmonia existente entre os emigrantes durante toda permanência no navio...
... O navio chegou em segurança em Nova York e os emigrantes desembarcaram em Casle Garden na sexta-feira, 6 de junho de 1862. Seguiram para Salt Lake City, aonde os passageiros do Electric, Athenia, Humboldt e Franklin chegaram em 23 de setembro de 1862...
Em 02 de novembro de 1868, o navio partiu de Hamburgo com 350 passageiros, sendo que em 21 de dezembro de 1868 tiveram de desembarcar as pressas na baía de Great Egg Harbor, em Nova Jersey, devido a uma série de problemas. Seus passageiros foram desembarcados na praia e sua carga foi baldeada para outro navio. O Electric foi rebocado para Nova York, onde reparos tiveram de ser feitos.
Em 10 de abril de 1869 em Electric partiu de Hamburgo com 454 passageiros
destinados as Colônias Dona Francisca e Blumenau, no sul do Brasil. Atracaram no Porto de São Francisco do Sul em 31 de maio de 1869 de onde os passageiros seguiram para seus respectivos destinos. No Kolonie Zeitung temos referências à chegada do Clipper ao Brasil.
“Colônia Dona Francisca. Imigração. No dia 31 de maio, às 6 horas da tarde, chegou são e salvo ao porto local, em São Francisco, o veleiro norte-alemão Elektrik, saído de Hamburgo em 11 de abril, com 454 emigrantes alemães, dos quais 265 se destinam à Colonia local (Joinville) e 189 para Blumenau.
“Colônia Dona Francisca. Imigração. Os 265 imigrantes, chegados a São Francisco a bordo do navio Elektrik, Capitão Peyn, foram recebidos aqui nos dias 3 e 4 de junho. A maioria deles procede do norte da Alemanha, ou seja: 141 da Prússia, 10 da Saxônia, 4 de Braunschweig, 4 de Anhalt, 2 de Hamburgo, 1 de Sachsen-Weimar, ao todo 162 pessoas; o restante veio: 98 da Áustria (Bohemia), 4 da Baviera, e 1 da França. Segundo a religião, são 162 protestantes e 103 católicos; segundo a idade: 184 acima de 10 anos, 60 de 1 a 10 anos e 21 lactantes. Fizeram uma viagem tão tranquila quanto rápida e quase não houve queixas quanto ao tratamento e à alimentação a bordo, pelo contrário, todos com quem tivemos a oportunidade de falar não se cansavam de elogiar, principalmente o comportamento gentil e humano do capitão Peyn. Durante a viagem morreram 10 crianças pequenas, a maioria devido à inflamação de garganta, e uma mulher em virtude de parto difícil; em contrapartida, nasceram quato crianças. Quase ao mesmo tempo que o Elektrik, foram expedidos de Hamburgo para cá, pelo Sr. R.O. Lobendanz, os veleiros “Mathilde”, capitão Müller, e “Gemma”, capitão Johannsen. Ambos trazem, no total, 137 emigrantes, e o primeiro tem a bordo emigrantes para Blumenau e o último para a Província do Rio Grande do Sul. Finalmente, no dia 10 de maio deveria ser expedido mais um navio para cá, por intermédio de Louis Knorr & Comp., para o qual estavam, até 22 de abril, inscritos 94 pessoas para a Colonia local.
Em 07 de Novembro de 1872, enquanto fazia uma viagem de Hamburgo para Nova York, a embarcação teve de ser subitamente abandonada devido a diversos vazamentos em seu casco, que já deixava o porão parcialmente submerso na água, a localização era na lat. 40 North, lon. 55 West. Os tripulantes foram apanhados pelo Navio “Helmesbrand” do Capitão Kjaer e foram desembarcados no Porto de Queenstown (Cobh), na Irlanda.
Capitães
1856-1859 - J. C. Wienholtz
1859-1863 - H. C. Johannsen
1863-1869 - J. Junge
1869-1872 - C. J. N. Peyn
Viagens (por ano)
1856-1861 - Melbourne e Bremerhaven
1861 - Nova York
1861-1862 - Nova York
1862 - Nova York/London
1862-1863 - Nova York/London
1863-1864 - La Plata/Callao
1864 - Nova York/London
1864-1865 - Nova York/Newcastle on Tyne
1865 - Nova York/London
1865-1866 - Nova York/London
1866 - Nova York
1866 - Nova York/Bremerhaven
1866-1867 - Nova York/London
1867 - Nova York/Philadelphia
1867-1868 - Nova York/Philadelphia/Bremerhaven
1868 - Nova York
1868-1869 - Nova York/Bremerhaven
1869-1871 - Dona Francisca/Batavia/Semarang/Nieuwediep/Amsterdam
1871-1872 - Nova York/Bremerhaven
1872 - Nova York (naufrágio)
Relação de viagens do Electric, tendo como porto de partida Hamburgo, na Alemanha.
Data Porto de partida Destino Data de chagada
30.08.1856 Hamburgo Melbourne
04.05.1861 Hamburgo Nova York
10.10.1861 Hamburgo Nova York
17.04.1862 Hamburgo Nova York
17.09.1862 Hamburgo Nova York
31.05.1864 Hamburgo Nova York
20.10.1864 Hamburgo Nova York
16.05.1865 Hamburgo Nova York
02.10.1865 Hamburgo Nova York
15.03.1866 Hamburgo Nova York
31.07.1866 Hamburgo Nova York 07.09.1866
17.11.1866 Hamburgo Nova York
01.05.1867 Hamburgo Nova York 04.06.1867
01.11.1867 Hamburgo Nova York 24.12.1867
15.05.1868 Hamburgo Nova York
01.11.1868 Hamburgo Nova York
10.04.1869 Hamburgo
Dona Francisca e
Blumenau
31.05.1869
25.03.1871 Hamburgo Rio Grande do Sul
01.10.1871 Hamburgo Nova York
15.03.1872 Hamburgo Nova York
17.08.1872 Hamburgo Nova York


Foi construído em Stonington no estado americano de Connecticut nos estaleiros da empresa Irons & Grinnell e lançado ao mar em 05 de setembro de 1853 e registrado em Nova York em 10 de novembro de 1853.



Foi adquirido em 30 de julho de 1856 por $62.250 pelo armador hamburguês
Robert Miles Sloman.





Fontes
Periódicos
Allgemeine Auswanderung Zeitung
Kolonie Zeitung (tradução de Thereza Böbel e informações obtidas por intermédio de Brigitte
Brandenburg)
Sites:

http://www.geocities.com/mppraetorius/com-el.htm

http://mormonmigration.lib.byu.edu

Lista de navios partidos de Hamburgo entre 1850 e 1889 disponível em:

http://www.mecklenburgroots.de